Scroll to top
© 2019, Bimzeiro. Direitos Reservados.
Share

IFC5 – O IFC Para Infraestrutura


Bimzeiro - 14 de outubro de 2019 - 0 comments

Se você já conhece um pouco sobre BIM, provavelmente já ouviu falar sobre IFC – Industry Foundation Classes. Mas e sobre o IFC5? O IFC voltado para infraestrutura.

 

Bom, caso você nunca tenha ouvido nenhum dos dois termos, sem problemas, explicarei no artigo abaixo.

 

Interoperabilidade

 

Antes de falarmos sobre o IFC, devemos entender o conceito de interoperabilidade, o qual consiste na capacidade de um sistema se comunicar de forma transparente com outro.

 

Quando aplicado ao BIM (Building Information Modeling), a interoperabilidade permite o intercâmbio de dados entre softwares, de forma segura e sem ocorrer perdas ou alterações nas informações.

 

IFC

 

Visto a importância da interoperabilidade para o BIM, quando se trata de uma linha de softwares de uma única desenvolvedora é difícil ter problemas quando há uma troca de informações, porém quando falamos sobre a troca de informações entre softwares de diferentes empresas desenvolvedoras o assunto já é um pouco diferente.

 

Para entendermos melhor, digamos que você possui um projeto arquitetônico realizado no GRAPHISOFT ARCHICAD e precisa enviar o seu projeto para o engenheiro estrutural, mas esse engenheiro trabalha utilizando o AUTODESK REVIT STRUCTURES.

 

Visto que o formato de arquivo gerado pelo GRAPHISOFT ARCHICAD é .pnl e o do AUTODESK REVIT STRUCTURES é .rvt, como poderíamos realizar essa troca de informações? É exatamente aí que entra o IFC – Industry Foundation Classes.

 

O IFC é um específico formato de dados que tem a finalidade de permitir o intercâmbio de dados entre qualquer software BIM de qualquer desenvolvedora, sem perdas ou alterações de dados.

 

O IFC foi desenvolvido pela BuildingSMART e é uma das principais ferramentas para a implementação do openBIM, conceito esse que será abordado mais detalhadamente num artigo futuro, mas para melhor entendimento, o openBIM é uma iniciativa para desenvolvimento de uma visão universal para colaboração em projetos, entrega de obra, operação e manutenção de ativos, os quais são baseados em padrões abertos.

 

IFC5

 

Quando falamos dos arquivos IFC para projetos de construções verticais conseguimos encontrar muito conteúdo. Mas quando falamos de projetos de infraestrutura (rodovias, pontes, ferrovias, túneis, etc.) os conteúdos são muito limitados.  

 

Assim como o BIM para projetos de infraestrutura está menos desenvolvido que o BIM para construções verticais, acontece a mesma coisa com o IFC.

 

Na tabela abaixo (Tabela 1) é possível notar a comparação de pesquisas científicas realizadas sobre o assunto BIM para Edificações e BIM para Infraestrutura.

 

Tabela 1 – Comparação do número de publicações científicas entre BIM para Edificações e BIM para Infraestrutura.

ifc bimzeiro

Fonte – Bradley et al. (2016)

 

O IFC5 é o termo utilizado para quando falamos de IFC voltado para infraestrutura. A partir da versão 4.1 do IFC, a buildingSMART desenvolveu a primeira versão com elementos para projetos de infraestrutura.

 

Já o IFC5, ainda em desenvolvimento, será a junção de todas as entidades relacionadas à infraestrutura. Para isso a empresa desenvolvedora dividiu em várias outras extensões, que ao final corresponderá ao IFC5.

 

Dentre as divisões, estão: Bridges (Pontes), Roads (Estradas), Ports & Waterways (Portos e vias marítimas), Tunnels (Túneis), Rail (Ferrovias), além do IFC Common Schema (Esquema comum) e o IFC Landscape.

 

Na figura abaixo (Figura 1) temos um esquema simples de como será composto o IFC5.

 

Figura 1 – Esquema sobre como será estruturado o IFC5.

ifc 5 bimzeiro - IFC5 – O IFC Para InfraestruturaFonte – BIM Standards for Infrastructure (2016).

 

Abaixo temos um cronograma (Tabela 2) disponibilizado pela buildingSMART sobre as etapas que irão formar o IFC5.

 

Tabela 2 – Cronograma IFC5.

cronograma ifc bimzeiro

Fonte – Delivery Plan for Infra Extensions to IFC – buildingSMART (2019)

 

Resumindo… IFC5 – O IFC Para Infraestrutura

 

Visto isso, o IFC5 vem como grande auxílio para a normatização nacional e regional, além de também ser um grande aliado para o desenvolvimento da tecnologia.

 

O IFC5 permitirá com que empresas consigam trocar informações de forma mais aberta, trabalhando com softwares BIM de diferentes desenvolvedoras.

 

Curiosidade

 

Recentemente o IFC Bridges (Pontes) foi lançado para avaliação dos usuários. Caso tenha interesse, acesse o link para ter acesso ao documento clicando aqui e caso queira realizar a avaliação, clique aqui.

Please follow and like us:
error

Related posts

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *